Olá, Geniais Criadores de Gambiarras! Ficou curioso para saber que fim levou o PlayStation 1 usado que eu desmontei? A carcaça era a única parte dele que ainda servia de alguma coisa, então eu pensei “por que não usá-la para fazer um novo PlayStation?” – e foi o que eu fiz!

Hoje o videogame PlayStation, da Sony, já está em sua quarta geração, mas o primeiríssimo – o PSOne (também apelidado de PlayStation Baby) – foi lançado em 1994, no Japão, e fez parte da infância de muita gente da minha geração. 

Quando era criança, tinha muita vontade de ter um console desses, mas, infelizmente, não tive essa oportunidade. Eu colecionava revistas de videogame e sabia todos os códigos e macetes dos jogos, mas só colocava esse conhecimento todo em prática quando, depois da aula, ia para a casa de um amigo que tinha um para jogar! 

E, agora que eu sou um Genial Criador de Gambiarras, vou realizar meu sonho do PSOne próprio construindo um!


Como nada que estava dentro do antigo console era recuperável, substituí os componentes que faziam o videogame funcionar por uma placa Raspberry. Para mostrar como configurar o Raspberry, recorri ao Leandro do passado – quem já viu o vídeo entendeu -, que já tinha ensinado isso no vídeo do fliperama

Seguindo esse tutorial vai ficar fácil de construir seus próprios videogames. A dificuldade real foi quando eu tive que colocar todos os componentes no lugar e fechar a carcaça… achei que não ia dar! Mas, com jeitinho, tudo se ajeitou e, vendo de fora, parece até um PSOne original!

Infelizmente eu não tinha controles originais do jogo e, além disso, não é tão simples converter um controle de PlayStation para entrada USB, então usei controles USB genéricos – desses que já usei em outros projetos – e funcionou super bem!

Agora que eu já realizei o sonho do PlayStation 1, estou pensando em usar um PlayStation 2 para criar uma versão portátil com a placa de circuito dele… e aí? Acham que vai dar certo?